Massa Manganoxyd



A Melhor Junta para Vapor, Água, Gás, Etc
A massa MANGANOXYD sempre está pronta para o uso, e conserva-se por muito tempo em estado plástico. Se porém estiver endurecida, voltará logo ao seu estado primitivo, amassando-a com pancadas de martelo.

  1. Para amaciar mais rápido podera ser esquentando a tépidamente (morno) ou juntar um pouquinho de óleo de linhaça.
  2. Para flanges, tampas de cilindros, orifícios de caldeiras, etc. toma-se MANGANOXYD e rola-se entre as palmas das mãos em forma de rolo e aplica-se só ou intercalado com fios de cânhamos, junta ou material semelhante.
  3. Para vedar altas pressões aplica-se MANGANOXYD entre uma ou mais camadas de tela metálica fina e rala.
  4. Para juntas provisórias, ou aquelas que devem soltar fácilmente, recomenda-se polvilhar as faces com pó de talco ou grafite
  5. Logo que MANGANOXYD tenha sido aplicado, as porcas, tampas, flanges etc. devem ser bem apertadas para que a massa fique com a menor espessura possível, O vapor ou pressão pode ser logo introduzido sem inconvenientes, É desnecessário reapertar as porcas.
  6. Em roscas, luvas, aplica-se camadas de MANGANOXYD intercalado com fios de cânhamo. MANGANOXYD pode ser amolecido com um pouco de óleo de linhaça; evite-se porém excesso do mesmo.
  7. Depois do uso conserve-se o MANGANOXYD no acondicionamento original, saquinho plástico ou lata tampada.


MANGANOXYD: Contráriamente ao zarcão de chumbo não é venenoso, portanto pode ser usado sem receios em tubulações e caixas de águas potável. Recomenda-se também para calafetar goteiras em calhas e assentar vidros em vitraus, janelas de ferro, telhas de cimentofibra etc.